O Futuro do Trabalho e os desafios para organização sindical

Objetivo Geral

Nas últimas décadas, o trabalho vem sofrendo profundas transformações tecnológicas e organizacionais, com novas formas de contratação e de gestão que, além de eliminar diversos postos de trabalho, vem aumentando  as exigências a quem consegue permanecer empregado.

A precarização, a uberização e o desemprego em massa são algumas expressões nefastas deste contexto.

São fatos que trazem para o movimento sindical novos desafios e necessidades de pensar e desenvolver novas estratégias de ação!

Nosso intuito é viabilizar uma formação básica visando uma atuação prática comprometida com a transformação social e com a construção de uma sociedade igualitária, justa, solidária, democrática e cidadã.

E refletir sobre a necessidade de uma ação planejada na organização da base. Sobre a comunicação interpessoal (o “falar”, “ouvir”; conversar; visitar os locais de trabalho)
no processo de organização de base.

Grade Curricular

Ainda não disponibilizado.

EM BREVE

Este Curso inclui:

Atividades Monitoradas

Tutoria com a formadora

Acesso no dispositivo móvel na TV

Certificado de conclusão

Nas últimas décadas, o trabalho vem sofrendo profundas transformações tecnológicas e organizacionais, com novas formas de contratação e de gestão que, além de eliminar diversos postos de trabalho, vem aumentando  as exigências a quem consegue permanecer empregado.

A precarização, a uberização e o desemprego em massa são algumas expressões nefastas deste contexto.

São fatos que trazem para o movimento sindical novos desafios e necessidades de pensar e desenvolver novas estratégias de ação!

Nosso intuito é viabilizar uma formação básica visando uma atuação prática comprometida com a transformação social e com a construção de uma sociedade igualitária, justa, solidária, democrática e cidadã.

E refletir sobre a necessidade de uma ação planejada na organização da base. Sobre a comunicação interpessoal (o “falar”, “ouvir”; conversar; visitar os locais de trabalho)
no processo de organização de base.

Vera Ciampone

É socióloga, educadora com experiência em educação formal desde o ensino fundamental, médio e superior e experiência em educação popular e sindical. Atua na área de planejamento, cursos, elaboração de projetos. Trabalhou no campo sindical no Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, na escola Sindical São Paulo e no Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Paulo. Realizou também trabalhos pontuais para o Sitraemfa, Secor Osasco e Químicos do ABC.

Claudia Lima

É psicóloga, especialista em Saúde Pública pela USP e foi mestranda em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Trabalhou como assessora por 30 anos no movimento sindical cutista e na Central Única dos Trabalhadores nas áreas de saúde do trabalhador, formação e organização sindical. Também trabalhou no Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), na coordenação de um projeto de implantação de mesas de negociação coletiva no SUS. No setor de transportes, trabalhou de 1994 a 1999 no Sindicato dos Condutores de São Paulo.

EM BREVE